Curiosidades e problemas do Samsung Galaxy S8

Um dos mais desejados smartphones do momento sem dúvida é o Samsung Galaxy S8. As especificações não deixam dúvidas – trata se de um dos mais fortes topos de gama lançados este ano. Mas, antes de decidir desembolsar uma quantia tão significante, talvez deveria saber alguns factos descobertos depois do lançamento. Uns podem convencê-lo a favor da aquisição, outros vão obrigá-lo a pensar duas vezes, mas de qualquer maneira, vale a pena conhecê-los.

Ecrã vermelho

Este problema surgiu logo nos primeiros dias a seguir do lançamento. No início foi tratado como uma questão de configuração, mas não ficou resolvido com nenhuma das instruções dadas pela empresa.

Problema de ecrã vermelho no Galaxy S8

Fonte: androidcentral.com

Apesar de nunca ter esclarecido a razão do ecrã demasiado vermelho, a Samsung solucionou este problema com uma actualização. Mas a mesma por enquanto saiu só para alguns países, por isso, fique atento à vez de Portugal.

Reinício espontâneo

A onda de relatórios deste problema começou ainda em abril, quando um utilizador se queixou de o seu Galaxy s8 ter desligado e ligado 7 vezes em 10 horas. Seguiu uma onda de denúncias semelhantes. O factor preocupante é que alguns utilizadores reportaram o mesmo erro depois de troca do equipamento. Até agora, a Samsung não apresentou uma explicação oficial, mas surgiram diferentes especulações sobre a razão deste comportamento. Segundo estas, os possíveis culpados são: o recurso Always On Display, biometria (ter o leitor de impressões digitais e o reconhecimento de rosto activados ao mesmo tempo) e cartão micro SD.

Leitor de íris comprometido

Já antes de venda de primeiros exemplos de Galaxy S8, as falhas do reconhecimento facial foram largamente divulgadas nas redes sociais. Aparentemente, uma simples fotografia desbloqueava o equipamento. Com o comentário de porta-voz da Samsung, que o reconhecimento facial é o mais fraco de três recursos da autenticação biométrica, fomos deixados a acreditar que o leitor de íris não vai desiludir.

Leitor de íris comprometido no Samsung Galaxy S8

Mas um grupo de hackers alemães, decididos de demonstrar as vantagens de bom velho código PIN, conseguiu enganar o leitor de íris com ajuda de uma fotografia de olho e uma lente de contacto. A questão que fica em aberto é: além de dados pessoais, quão seguros ficam os serviços de pagamento através de smartphone. A resposta da Samsung é que o cenário realizado pelos Chaos Computer Club é pouco provável. Ficaram convencidos?

O primeiro smartphone com Bluetooth 5.0

Deixamos o melhor para o fim, a agora apresentamos, além de recursos óbvios, algumas vantagens que não foram divulgadas tão amplamente como o ecrã fantástico, a assistente Bixby, ou o sistema “Always-on”. Donos do Galaxy S8 nem notaram, por exemplo, que são entre as primeiras pessoas a experimentarem Bluetooth 5.0. Esta versão traz inúmeras vantagens entre as quais ligação mais responsiva e maior alcance e velocidade.

Uns auriculares AKG extra

Sim, o preço de Samsung S8 não é nada amigável, mas os donos sortudos não ficam desiludidos ao abrirem a caixa do equipamento. Nela pode encontrar: carregador rápido, cabo USB-C / USB-A, adaptador microUSB / USB-C, adaptador USB-A / USB-C, ferramenta para remover cartão SIM e, o mais importante, uns auriculares AKG.

Samsung Galaxy S8 vem com auriculares AKG

Fonte: smpgadget.com

Estes oferecem alta qualidade de áudio e construídos para proporcionar maior conforto.

DeX torna o seu smartphone num PC

Apresentado juntamente com os S8 e S8+, DeX é um periférico que transforma o seu aparelho Samsung num desktop. Com ajuda de portas Ethernet, HDMI, USB-C e duas portas USB 2.0, este acessório permite ligar o seu Galaxy S8 a um ecrã, rato e teclado, para conseguir a funcionalidade de um computador. Nós achamos conveniente, e vocês?

O Instagram novamente a copiar o Snapchat

Já não se pode utilizar a palavra “imitar”. Ao lançar Stories, o Instagram já copiou aquilo que fazia o Snapchat único. Agora a empresa do Mark Zuckerberg volta a introduzir na sua aplicação de partilha de fotografias alguns recursos até agora específicos para o Snapchat. Estamos a falar de filtros, como também de possibilidade de reproduzir um vídeo no sentido contrário. Mas há mais.

Fonte: bukalapak.com

Fonte: bukalapak.com

Como sabemos, tudo começou ainda no ano passado com a introdução de Stories. Seguiu o lançamento de filtros de localização ilustrados e, em abril deste ano, stickers personalizados, bem como o recurso chamado “Pinning”, uma imitação de textos e stickers 3D da aplicação concorrente. Mas o mês de maio traz mais novidades, e mais uma vez “inspiradas” no Snapchat. Filtros faciais captaram a maior atenção.

8 máscaras divertidas e vídeos ao contrário

Esta nova animação no Instagram pode ser usada tanto em fotos, como em vídeos e Boomerang. Para já ficam disponíveis oito filtros: coroa de gelo, coala, nerd, coelho, coroa de borboletas, coroa dourada de louros, pavão e maquilhagem. Mas acreditamos que esta escolha em breve será alargada, visto que no Snapchat pode contar com 19 filtros diferentes.

Filtros faciais do Instagram

Fonte: fstoppers.com

Outro recurso que já mencionamos pode tornar até o vídeo mais aborrecido num êxito nas redes sociais. A opção de reproduzir vídeos de trás para frente também foi disponibilizada em maio. Portanto, se sempre quis saber como será saltar de água para a rocha (ao contrário já todos sabemos), agora pode ver utilizando esta opção.

Borracha e hashtag

Apagar texto ou pintura que acabou de aplicar na sua fotografia pode não parecer grande recurso, mas a maneira como o Instagram o divulgou mostra encanto escondido desta opção. Ao aplicar uma cor, e a seguir apagar umas partes, consegue um efeito único e divertido. Desta vez, pelo menos um pouco de inovação em relação à borracha do Snapchat, que permite remover objectos ao tocar na ferramenta de tesoura.

Borracha aplicada em cima de cor na Instagram

Fonte: diyphotography.net

Para personalizar a sua pesquisa, bem como adicionar informação à sua história, o Instagram introduziu a opção de hashtag. Juntamente com a localização, que utilizadores também podem adicionar às suas fotografias, torna-se mais fácil encontrar os conteúdos que lhe interessam.

Ouvem-se ainda rumores sobre uma opção que ainda está em fase de teste. O Instagram, pelos vistos, está a pensar em oferecer a possibilidade de salvar as suas fotografias num “arquivo”, para que as possa consultar e decidir mais tarde se devem ficar só para os seus olhos, ou publicadas.

Até outras novidades, partilhe a sua opinião connosco: estas mudanças fazem o Instagram mais apelativo, ou nem por isso? :)

HTC U11 – smartphone “apertável”

Se está habituado de ver grandes inovações só nos dispositivos com logotipo de Apple ou Samsung, a HTC vem aqui surpreendê-lo. A empresa lançou o novo HTC U11 no seu vigésimo aniversário e provou (não pela primeira vez) que pode competir com os nomes mais conceituados da área no que diz respeito a tecnologias novas. Estamos nos a referir, antes de tudo, ao sistema nomeado Edge Sense, que permite interagir com o seu telefone de uma nova forma – apertando-o! O dispositivo permite que personalize esta função e escolha qual é aplicação que vai aceder desta forma, e até distingue um aperto leve e outro mais forte, podendo atribuir funções diferentes a cada um deles.

HTC U11

Fonte: phonandroid.com

A letra U liga este smartphone ao outro HTC lançado no início deste ano – U Play, enquanto o número 11 indica que ele é o sucessor do HTC 10, lançado em 2016. Se olharmos para trás, encontramos pouca organização e ordenação na nomeação dos flagships da empresa taiwanesa: lembre-se do HTC One, HTC One (M8), HTC One (M9), HTC 10 a agora HTC U 11.

Corpo de vidro e auscultadores próprios

HTC U11 cativa logo com o seu design, sem dúvida. O corpo todo feito em vidro tem aspecto futurístico, já presente noutros modelos U. Mas o ecrã agora ocupa maior parte do corpo, tornando o mais apelativo ainda. O quê o distingue também de muitos outros smartphones de topo de gama é a ausência de entrada de 3.5 mm para auscultadores. Em vez disso, ao comprar este modelo, recebe juntamente com ele um par de auscultadores com o cabo adequado – que se conecta a entrada de carregamento USB tipo C. Mas se vai querer utilizar o seu headset antigo, não se preocupe: HTC oferece um adaptador também que possibilita isso.

Outras especificações

HTC U11 pode se gabar também com IP57 que garante protecção de água e poeira. Além disso, sabemos que contará com 4 ou 6 GB de RAM e 64, 128 GB de armazenamento e processador Snapdragon 835 com CPU octa-core. Seguindo a tendência recente, também conta com leitor de impressões digitais. Estará disponível em cinco cores diferentes: preto, branco, prateado, vermelho e azul. No entanto, eles não estarão disponíveis em todos os países.

Cores disponíveis de HTC U11

Fonte: onmobi.de

Uma das surpresas agradáveis foi a câmara principal. Já qualificada pelos websites autoridades na área da qualidade fotográfica como uma de melhores de sempre, vem  com sensor HTC UltraPixel 3, 12 megapíxeis, e abertura de f/1.7; tira fotografias com resolução 4290 x 2800 e filma até 4K a 30fps.

Fale com ele

Dos assistentes virtuais, pode escolher entre Google Assistant, Sense Companion da HTC e Alexa da Amazon. Desta vez, para falar com a Alexa, basta dizer o nome dele: inteacção é inteiramente em mãos livres.

O HTC U11 já está disponível em pré-venda em alguns mercados, com preços a começar nos 649 dólares, mas ainda não há indicações acerca da disponibilidade do equipamento em Portugal. Enquanto aguarda por ele, pode verificar a nossa gama de smartphones HTC, pode ser que um dos modelos mais antigos cative a sua atenção.

Como refrescar o seu Android – 7 dicas úteis

Todos os meses são lançados novos telemóveis interessantes. Desde topos de gama até mais baratos, para quem deseja adquirir um smartphone novo, a escolha é imensa. Mas se gosta muito do seu dispositivo actual e quer mantê-lo por mais tempo possível, ou se simplesmente não está na altura certa para uma nova aquisição, descubra aqui como actualizar o seu Android, aumentar a velocidade e o desempenho.

Imagem de ecrã de actualização de software no Android

Fonte: virusfreephone.com

  1. Atualize o firmware do seu Android

Antes de tudo, verifique se existe alguma actualização disponível para o seu modelo. Os passos podem variar dependendo da versão actual, mas normalmente vai encontrar a opção “Actualização de software” seguindo os passos “Definições” > “Sobre dispositivo”. Se houver alguma versão nova disponível, basta seguir os passos apresentados no ecrã. Antes da actualização, não se esqueça de verificar o estado de bateria, e se estiver à menos do que 20 % mantenha o telemóvel a carregar durante o processo.

  1. Sem medo de restauração de fábrica

O procedimento que, sem dúvida, ajuda nos telemóveis mais antigos. Eles já estão saturados de todos os dados guardados depois de tanta navegação, sincronização e transferência, e uma restauração de fábrica limpa todos esses cantos ocultos. Para não se arrepender desta decisão, é importante fazer um backup, ou seja, guardar uma cópia de dados importantes. Normalmente, esta opção já é sugerida nas “Configurações” juntamente com restauração, e é guardada uma cópia (de senhas Wi-Fi, dados de aplicações etc.) nos servidores do Google. Se preferir, pode utilizar uma das diferentes apps de backup, ou até mesmo copiar todos os dados para o seu PC.

  1. Libere espaço: aplicações

Imagem do ecrã da opção "Armazenamento" no Android

Fonte: androgeek.com

Na parte de “Configurações” descobrirá outra informação útil, habitualmente encontrada sob opção “Armazenamento”. Aqui pode ver quais são os ficheiros que ocupam mais espaço. A sua experiência com o seu telefone vai melhorar bastante se apagar as aplicações que não utiliza, nem que seja só para uma melhor visualização daquilo que realmente usa.

  1. Libere espaço: ficheiros

Também é capaz de encontrar muitas fotos, vídeos e músicas. Todos eles podem encontrar o seu lugar numa memória externa. Isso pode ser um cartão SD, mas se o seu smartphone não tem esse tipo de armazenamento, sempre pode transferir ficheiros para uma nuvem, ou para o seu PC.

 

  1. Arranje um teclado novo

Teclados virtuais podem dar um sopro de ar novo ao seu telefone, e são muito fáceis de instalar. A maior parte deles é gratuita. Além de facilitarem a digitação, eles proporcionam boa precisão, correcção ortográfica, variedade de idiomas, interface personalizada e muito mais. Alguns dos mais populares entre os Portugueses são Swiftkey, SlideIT Keyboard,  GO Keyboard e TouchPal X, mas Google Play Store está repleta de várias opções e modalidades – basta ler a descrição e avaliações, e escolher aquilo que melhor corresponde às suas preferências.

Imagem do ecrã da digitação por voz no Android

Fonte: itsupportguides.com

  1. … ou digite sem teclado

Para descomplicar mais ainda, pode experimentar digitação por voz. No seu teclado padrão pode encontrar a opção “Google digitação por voz”. Depois de activar este recurso, entre no “Reconhecimento de voz off-line”, e no tab “Todos” escolha o seu idioma da lista com todas as línguas disponíveis. A partir desse momento, cada vez que clicar no ícone de microfone do seu teclado, poderá “falar” com o seu aparelho, e ele vai transformar a sua voz em palavras escritas.

  1. Instale um navegador melhor

Às vezes a lentidão ao abrir páginas pode se dever a um navegador fraco. Experimente alguns navegadores conhecidos como os mais rápidos, práticos e inovativos: UC Browser ou Opera Mini. Eles podem ser instalados a partir das páginas oficiais. Para aproveitar só o melhor desta mudança, sem ter que se habituar ao interface novo, pode definir a página inicial, ou adicionar umas favoritas ao Speed Dial.

Dicas finais: Para as situações que exigem um carregamento rápido (e que nos aconteceram a todos), pode recorrer a uns truques simples e eficientes. Um dos mais conhecidos é desligar o seu dispositivo enquanto o carrega, mas sabia que o modo avião  também ajuda?

Esperamos que algumas destas dicas ajudem para que o seu aparelho demore menos tempo a abrir aplicações, páginas da Internet e executar várias tarefas. Outras vão simplesmente refrescar a forma como o utiliza. Se tem algum conselho para outros leitores, por favor partilhe nos comentários abaixo. :)

Conheça o Robin – smartphone com armazenamento (quase) ilimitado

Se conseguiu prolongar a autonomia do seu smartphone (com uma power bank, ou com ajuda da algumas dicas úteis nossas), provavelmente já descobriu a próxima limitação que ele apresenta. E provavelmente se trata da capacidade de armazenamento insuficiente, que o obriga de vez em quando passar por todos os conteúdos e sacrificar os menos importantes em nome de novas aquisições. Isso, se o seu telefone não for o Robin.

Smartphone Robin

Fonte: nextbit.com

Finalmente espaço para tudo

Por enquanto o único do género, o Robin proporciona 100 GB de armazenamento em nuvem, gratuitamente. Isso significa que não precisa de se preocupar mais com as quantidades de aplicações, fotografias etc. – terá sempre à sua espera tudo que alguma vez guardou, num espaço “alugado” online. O mais interessante é que o sistema operativo foi concebido para optimizar o espaço no telefone e na nuvem conforme os seus hábitos de utilização. Assim, os conteúdos que não são utilizados deixam de ocupar o espaço no seu telefone, mas ficam guardados no “disco virtual”. Esta sincronização é programada para alturas quando o telefone está ligado a WiFi e a carregar, para minimizar os gastos da bateria e o consumo de dados móveis. Na parte traseira do telefone, quatro pequenas luzes, perfeitamente sintonizadas com o design inédito do Robin, piscam discretamente para sinalizar essa actividade. Portanto, esqueça cartões micro SD e contas online separadas, com este telefone terá sempre acesso a músicas, vídeos, e tudo que alguma vez guardou, sem sobrecarregar a memória.

Fonte: nextbit.com

Design exclusivo, mas não só

Entretanto, desde setembro de 2015, quando foi lançada a campanha de crowdfunding para este produto inovativo, houve algumas mudanças. Start-up chamada Nextbit e fundada por ex-funcionários da Google, HTC, Apple e Amazon foi adquirida pela Razer, a empresa de hardware e software de gaming. Mas as impressões de utilizadores continuam boas. Na nossa tabela pode ver o quê mais O Robin oferece:

Dimensões Ecrã Chipset Memória interna Câmaras Bateria
149 x 72 x 7 mm 5.2 polegadas e 1080p Qualcomm™ Snapdragon 808 32 GB e 2 GB RAM 13 / 5 MP 2680 mAh

Acrescente a essas especificações NFC, Gorilla Glass 4 e sensor de impressão digital e terá uma ideia mais completa. Da nossa parte, temos que admitir que ficamos especialmente encantados com o design do telefone, muito original, elegante e com cores delicadas. O ponto mais fraco pode ser a duração de bateria. A câmara, apesar de satisfazer os mais exigentes fãs da arte fotográfica, opera com software um pouco lento. Mas se tem a sensação que o seu dispositivo actual é pequeno demais para a sua vida cheia de demandas digitais, o Robin deve ser o seu próximo aparelho: oferece um “mundo das nuvens” só para si. :)

Celebre Dia das Mães 2017 com ajuda da MTP

Todos os dias do ano não são suficientes para expressar o amor por mãe! Todos os Natais, aniversários e Dias da Mulher não bastam! Mas para celebrar essa ternura, estima, e carinho de uma maneira especial, pode aproveitar o Dia das Mães, e preparar algumas surpresas para o dia 7 de maio deste ano.

Mãe e filho

Depois de arranjar bilhetes para o espectáculo favorito da sua mamã, reservar mesa num restaurante requintado e encomendar um ramo de flores bonitas, visite a nossa loja, onde vai encontrar vasta escolha de produtos fantásticos para completar o mimo.

Prenda que não pode falhar – uma bolsa

É um facto conhecido que é mais fácil escolher prendas para mulheres do que para homens. Mas mesmo assim, alguns produtos acertam em cheio mais vezes do que outros. É o caso de bolsas, acessório preferido de qualquer mulher, seja ela prática e despachada, ou estilosa e extravagante. E como telemóveis também precisam das suas bolsas para os protegerem, mas que também possam servir como carteiras ou dar um toque pessoal, uma das prendas perfeitas é uma bolsa para telemóvel.

Bolsas femininas na MYTrendyPhone

Na MyTrendyPhone encontrará uma rica oferta de mais conceituados fabricantes de bolsas e capas para smartphones, como Piel Frama, Krusell, Starcase e muitas outras. Facilmente encontrará uma ao gosto da sua mãe.

Para mães modernas e activas

Com a chegada da primavera, nada melhor do que aproveitar o bom tempo para umas actividades e exercícios, e ver-se livre daqueles (quilo)gramas acumulados no inverno. Para muitas mães que têm a vontade, mas às vezes falta um pequeno estímulo, a prenda ideal será um acessório de fitness que proporcionará essa inspiração extra.

Smartwatch & Fitness

Uma das escolhas mais completas são relógios multifuncionais, que monitorizam todas as atividades diárias, servem como headset, mostram data, hora, mensagens, chamadas, e muito mais. Mas talvez a sua mãe vai desfrutar mais de uns auscultadores sem fios incorporados numa uma fita de cabeça desportiva. Passe pelas nossas categorias de Desporto & Fitness, Smartwatch & Acessórios e Outdoor, e seleccione entre vasta gama de produtos, desde pulseiras de actividade simples até smartwatches completos.

Cartão presente para os mais indecisos

Não é fã de compras? Fica cansado de navegar entre inúmeros produtos? Acha difícil escolher entre tantos? Se não quer arriscar, a solução mais segura é um cartão oferta. E também mais simples: escolha a quantia que quer gastar, decida se o quer receber por e-mail ou por correio, e já está.

Cartão presente MTP

A sua mãe vai ter à sua espera mais que 100 000 artigos, e qualquer que sejam os seus interesses e os seus gostos, o produto certo estará entre eles!

As melhores aplicações para fotografias

Seja um apaixonado pela fotografia, esteta e perfeccionista, ou simplesmente um amador que gosta de ter os melhores momentos da vida perpetuados, há sempre uma maneira de tornar as suas fotos mais belas, mais profissionais e mais notáveis. No mundo de hoje, onde fotografias já tiraram lugar das palavras, na comunicação diária nas redes sociais, é fácil entender porque queremos optimizá-las. Mas se o seu caso é diferente, se guarda as suas fotos ciosamente para serem apreciadas só entre os mais próximos, aqui também encontrará sugestões úteis sobre como torná-las extraordinárias e notáveis. Apresentamos a nossa escolha de melhores aplicações para fotografias.

VSCO – a favorita

Julgando pelas várias avaliações, esta é uma das aplicações mais populares de últimos tempos. Qual é o truque?

Fonte: VSCO

A empresa atrás da VSCO lembrou-se de conectar a aplicação com uma comunidade de utilizadores, “comunidade de expressão que inspira pessoas a criarem, descobrirem e conectarem-se.” Assim, além de ter à sua disposição uma óptima ferramenta para editar as suas fotos, com fantásticos filtros e ferramentas profissionais, pode participar numa comunidade criativa, seguir e ser seguido. Mas atenção – se está mais interessado nos efeitos que nada tem a ver com a fotografia (texto, molduras, stickers etc.) do que na qualidade da própria fotografia (exposição, contraste, cores, nitidez etc.), talvez seja melhor oferecer 25 MB da memória do seu telefone a alguma outra aplicação.

ProCam 4 – para dispositivos Apple

Para os donos de iPhone ou iPad, essa é provavelmente a melhor aplicação de momento. ProCam 4 tem excelentes opções de edição de fotografias e vídeos, mas o ponto mais forte desta app são as possibilidades que proporciona a sua câmara, ou seja, já no acto de tirar fotografia.

Aplicação ProCam 4

Fonte: procamapp.com

Para os verdadeiros amantes da fotografia, é um paraíso de recursos pertencentes à época de fotografia analógica como por exemplo tempo de exposição ou selecção manual de ISO. Também permite capturar fotos em formato RAW (mau para arquivar, mas óptimo para guardar todas as informações da imagem). As actualizações de 2016 trouxeram a captura de fotos 3D e criação de GIFs de qualidade como também a possibilidade de os partilhar.

Prisma – sucesso imediato

Esta aplicação divertida criada em Moscovo ganhou fama mundial dentro de uma semana. E não é de admirar: enquanto gratuita, a Prisma oferece a possibilidade de tornar cada fotografia sua num clássico de história da pintura.

Aplicação Prisma

Fonte: prisma-ai.com

Com ajuda de inteligência artificial, os filtros aplicados às suas fotos conferem-nas o aspecto dos quadros dos artistas famosos ou padrões conhecidos. Portanto, para ver como Van Gogh, Picasso, ou Mondrian iam fazer o seu retrato, basta aplicar o filtro adequado a um selfie bem tirado. Como Chagall, Kandinsky ou Munch iam interpretar a sua foto favorita de férias? Com esta app, a resposta está a um toque de distância!

Storyo – orgulho nacional

E depois de tirar fotos maravilhosas, retocá-las com filtros e transformá-las numas obras de arte, está na hora de as preparar para uma visualização fácil, contínua e organizada. Aí é que pode contar com ajuda de uma aplicação portuguesa, Storyo, que converte fotos em histórias.

Storyo - aplicação portuguesa

Fonte: Itunes.apple.com

Basta escolher a foto de início e outra do fim da história, tema e duração e já está – tem o seu slideshow personalizado! A app vai acrescentar datas, localizações, mapas e música, de modo a que possa partilhá-la já. Mas isso não é tudo: também pode convidar amigos para adicionarem fotos suas, de uma viagem que fizeram juntos por exemplo, ou de uma festa. Complete as suas memórias adicionando filmes, títulos, legendas, os seus posts do Facebook, ou informações incríveis como a temperatura que fazia naquele dia nesse local.

Já experimentou alguma das aplicações sugeridas? Tem alguma outra para recomendar? Partilhe connosco!

Esqueça RV, o futuro é feito de hologramas

Todos nós que nos lembramos de mundo antes de século XXI sabemos que os smartphones trouxeram uma revolução. Não só ao mundo de tecnologia, mas ao nosso dia-a-dia, ritmo da vida, presença social. Embora eles têm evoluído bastante, a verdade é que não vimos ultimamente nada essencialmente novo. Baterias ficam mais poderosas, ecrãs maiores e com a resolução melhor, câmaras aumentam em megapíxeis. Mas quando olha para o seu telefone, ele não é muito diferente daquele que utilizou uma década atrás. Pela tendência geral dos maiores fabricantes, algo finalmente vai mudar. Estamos a falar de hologramas – um seguimento natural de já desenvolvido conceito de realidade virtual.

mobile-phone-1875813_1280

Mas quais são exactamente as vantagens dessas imagens 3D, e quando as podemos esperar nos nossos dispositivos? Ainda estamos a falar de começos tímidos, mas que definitivamente já marcam um novo rumo.

Tudo começou com realidade virtual

Realidade virtual já tem os seus fãs, e os grandes nomes do ramo tecnológico reconheceram isso. Assim surgiu um vasto leque de óculos VR. Desde os “simples” headsets de jogos, como Smart Talk, Oculus Rift ou Pimax 4K, até HTC Vive sem fio, parece que não há fabricante de área tecnológica que resistiu a esta moda. Google começou com os modestos óculos Cardboard, mas recentemente desenvolveu mais sofisticados Daydream View. Samsung lançou Gear VR, promovendo o produto através da campanha que ajuda superar medos através da RV. E Microsoft até conseguiu pôr os seus HoloLens no espaço, oferecendo-os aos astronautas da Estação Espacial Internacional.

hololens-1330225_1280

Alguns destes produtos são feitos especialmente para consolas de jogos, como PlayStation VR da Sony. Outros fabricantes decidiram proporcionar a experiência imersiva através de outro tipo de produtos: Huawei por exemplo apostou na Honor VR Camera que que captura imagens 360º. Mas ultimamente, a criação de efeitos 3D segue um novo trajecto.

Holograma – o futuro dos smartphones, e não só

As previsões para novidades nos smartphones são diferentes. Desde os modelos modulares e traduções em tempo real, até ecrãs flexíveis e baterias de células de combustível de hidrogénio, expectativas são grandes. Hoje voltamos a nossa atenção para imagens 3D. Até agora houve várias tentativas de trazer hologramas para smartphone, mas nenhuma representa uma solução ideal: utilizar uma pirâmide de vidro no ecrã é tudo menos prático, andar para todo o lado com uma unidade de “Virtual Presence” menos ainda. Por enquanto, os esforços deram o melhor resultado são os do Human Media Lab que produziram HoloFlex. Embora a resolução deixe muito a desejar, esse é o primeiro exemplo de tecnologia que traz hologramas ao smartphone, sem ter que recorrer óculos, caixas ou prismas.

HoloFlex da Human Media Lab

Fonte: hml.queensu.ca

Várias outras tecnologias devem ser desenvolvidas em paralelo para um projecto como este crescer ao seu potencial, como por exemplo rede 5G, que é essencial para a transmissão rápida de grandes quantidades de dados. Talvez estejamos ainda longe de um produto comercializado em grande escala, mas pelo menos podemos imaginar como serão as chamadas, fotografias e jogos do futuro.

Qual será a utilização mais prática de hologramas?

Tudo isso é muito divertido, mas admitimos que jogar num ambiente 3D, ou falar com os amigos como a princesa Leia falou com Obi-Wan Kenobi, não contribui muito para o lado prático da vida. Uma aplicação muito mais útil será por exemplo nos navegadores holográficos, que usam combinação de hologramas e realidade aumentada para apresentarem, enquanto conduzimos, informação importante ao lado do volante ou a frente de pára-brisas. Nesse sentido já existem soluções interessantes como HUD que realmente leva a experiência de condução a outro nível.

HUD - Heads Up Displays

Fonte: techcrates.com

Uma empresa japonesa Vinclu Inc. foi um passo mais longe, e trouxe um novo significado a sintagma “assistente pessoal”. O produto deles, Gatebox, traz holograma duma das personagens anime, Azuma Hikari. Ela faz companhia, interage, e através de sensores de detecção humana e câmaras é capaz de reconhecer os rostos e movimentos do seu dono. Graças a ligação à Internet, Bluetooth, e infravermelhos, pode se conectar aos seus electrodomésticos e operá-los, e enviar mensagens via smartphone. Pode parecer um pouco bizarro para o nosso conceito de palavra “companhia”, mas os Japoneses parecem gostar. Veja com os seus próprios olhos:

Fonte: info vinclu

Apostamos que tem algum comentário! Partilhe connosco no campo abaixo.

5 melhores smartphones baratos

Falar sobre smartphones de topo de gama é muito divertido. Há sempre muitas características novas e fascinantes que podemos explorar. Mas para muitos de nós, eles vão ficar só um aparelho interessante que conhecemos através de artigos de tecnologia. Com o orçamento limitado, o smartphone que nós pode acompanhar no dia-a-dia tem que ser mais modesto. Para todos aqueles que procuram uma solução dentro de faixa de preço mais razoável, temos boa notícia: os dispositivos de gama média, abaixo de 200 euros, também escondem algumas joias, e hoje vamos apresentar alguns dos melhores smartphones baratos que pode encontrar.

Melhores smartphones baratos

A primeira condição a ter em conta é que sempre vai poupar se comprar um smartphone livre de operador. A MyTrendyPhone é uma das lojas onde pode adquirir smartphones de várias marcas, sem se preocupar com mensalidades obrigatórias durante longos períodos de fidelização. Tendo em consideração os aspectos mais importantes para um funcionamento optimizado, escolhemos 7 smartphones com melhor relação entre preço e qualidade. As especificações de câmara, bateria, processador, como também o software incorporado e a resolução de ecrã destes aparelhos devem satisfazer as suas necessidades quotidianas. E não vão pesar muito na sua carteira.

Sony Xperia E5

Este é o telefone que antes de tudo vai seduzi-lo com o seu design e ecrã. Os cantos arredondados e a sólida construção destacam-no de outros da mesma faixa de preço. 720 x 1280 píxeis num ecrã de 5 polegadas proporcionam uma visualização satisfatória, talvez longe da qualidade dos topos de gama, mas dificilmente arranjará melhor por 160.00 euros.

Sony Xperia E5

Fonte: gsmarena.com

Enquanto o processador MediaTek MT6735 é razoável para tarefas diárias, não o recomendamos para os fãs de conteúdos de gráfico mais pesado. Outras especificações que superam a concorrência são a câmara de 13 megapíxeis e a óptima experiência de navegação. Mas é de sublinhar que a Xperia E5 está no nosso lugar nº 1 devido ao preço. Com a bateria que dura pouco tempo e o áudio que demonstra algumas falhas, talvez mais vale gastar um pouco mais e obter uma qualidade melhor nesses aspectos.

Motorola Moto G (3rd gen)

Motorola é definitivamente o campeão de telefones bons e baratos. Mas entre vários modelos, a nossa escolha caiu sobre Moto G (3rd gen). As razões principais são a autonomia prolongada, o design compacto e de qualidade, e a câmara poderosa. Mas há mais.

Motorola Moto G (3rd gen)

Fonte: virtuaniz.com

O sistema operativo original lançado em julho de 2015 é Android v5.1.1 (Lollipop), com possibilidade de actualização ao v6.0 (Marshmallow). Ora, isso significa que o aparelho pode contar com Doze, recurso que controla as actualizações e prolonga bastante a vida da bateria em standby. Testes comprovaram que, com energia assim poupada, Moto G (3rd gen) aguenta mais de 11 horas de reprodução contínua de vídeo, que sem dúvida consideramos impressionante. O  telefone existe em opções de 1 e 2 GB de RAM, e tem o processador que corre a 1.4 GHz, o que contribui a uma utilização confortável. Certificação IPX7 ainda garante resistência a água, ou seja, 30 minutos a 1 metro de profundidade. Nós não aconselhamos ir tão longe, mas certamente pode ficar descansado se o telefone cair na água e ficar lá por alguns segundos. Por um preço de 162.40 euros, Motorola ainda conseguiu incorporar uma câmara de 13 megapíxeis, colocando assim coroa neste nosso top de smartphones baratos.

Meizu M3 Note

Os amantes de phablet provavelmente não acreditavam encontrar aqui algum dispositivo ao seu gosto. Surpresa! Meizu M3 Note com generosas 5.5 polegadas pode ser seu a partir de 176.00 euros. Outra característica que nos cativou são 93 horas de duração média de bateria (com períodos iguais de chamadas, navegação e reprodução de vídeos).

Meizu M3 Note

Fonte: gadgets.ndtv.com

Apesar dessas capacidades, o design do smartphone é elegante, enquanto conta com a protecção Dinorex T2X-1. Opções de RAM também são boas: de 2 e 3 GB, a resolução é Full HD (1080 x 1920 píxeis). Para completar este ótimo conjunto de especificações, o aparelho ainda tem um toque de luxo: sensor de impressões digitais no botão Home.

LG X Screen

No ano 2016, a aposta da LG na gama média foi este inovador LG X Screen. A característica mais marcante foi a estreia do ecrã auxiliar. De quê se trata? Com a câmara deslocada ao canto esquerdo, o resto da parte superior do ecrã ficou reservado para uma faixa especial. Embora achamos a designação “Segundo ecrã” um pouco exagerada – 1.76 polegadas não justifica isso – achamos essa ideia muito prática, e acreditamos que muitos de vocês vão gostar também.

LG X Screen

Fonte: lg.com

Esta pequena faixa fica sempre ligada, proporcionando aquilo que a LG considerou uma grande vantagem: a visualização das informações importantes sem distrações, e sem gastar muito a preciosa bateria. Pode definir qual tipos de “atalhos” vai ter nesse ecrã: notificações, contactos, chamadas, SMSs, e-mails, aplicações, data e hora, Wi-Fi, lanterna, áudio ou leitor de música. Até pode exibir texto a sua escolha. As opções que estabelecer ficarão acessíveis sem ter que desbloquear o seu telefone, como também visíveis enquanto se diverte com outros conteúdos. Dependendo da aplicação utilizada, o segundo ecrã pode mostrar outras opções, como por exemplo diferentes modos da câmara.

Tirando esta novidade, LG X Screen mostra desempenho e especificações comuns e até bons para gama média. Ecrã principal fica assim reduzido às 4.93 polegadas, mas com resolução HD (1280 x 720 píxeis). Tem design simples em policarbonato com laterais de imitação de alumínio, tornando-o muito leve – incríveis 120 gramas. Além da deteção de rosto, X Screen surpreende com mais um recurso: ambas as câmaras filmam em em Full HD. Preço de 179.60 euros é mais que bom para esta combinação, não acha?

Xiaomi Redmi Note 3

Xiaomi conseguiu superar todas as espectativas com este fantástico modelo. Já a primeira versão tinha sensor de impressões digitais, construção forte de alumínio e bateria impressionante de 4000 mAh que permite autonomia superior a 48 horas. Mas em 2016 foi lançada a versão melhorada que resolveu praticamente únicos pontos fracos do modelo nº 1.

Xiaomi Redmi Note 3

Fonte: digit.in

Além da introdução da ranhura para cartão micro SD, aperfeiçoamento tem a ver também com o Snapdragon 650. Redmi Note 3 foi o primeiro telefone com este processador, e a actualização valeu a pena em termos de desempenho. Somando todos aspectos, um óptimo smartphone para obter por 194.30 euros: tem dual-SIM, ecrã de 5.5 polegadas e resolução FullHD, laterais curvas e câmara de 13 megapíxeis.

Esperamos ter ajudado na sua procura de melhores smartphones baratos. Se teve oportunidade de experimentar algum outro telefone que merece a nossa atenção, ou simplesmente quer partilhar a sua opinião sobre estes, deixe o seu comentário abaixo.

Nokia 3310 ofusca o lançamento dos Nokia 3, 5 e 6

No passado Mobile World Congress 2017, a marca finlandesa apresentou 3 novos smartphones. Mas não só. Um primo muito distante e mais velho deles, o Nokia 3310, vestiu-se em traje novo, e foi uma das estrelas da exposição. Vamos dar uma olhada em características do Nokia 3, Nokia 5 e Nokia 6, e relembrar-nos do favorito do início do século.

O regresso da lendária Nokia 3310

No mencionado evento, Rajeev Suri, director executivo da Nokia falou muito sobre a “quarta revolução industrial”. Mas depois de muitos exemplos sobre avanços nos campos de Internet das Coisas e inteligência artificial, o produto que chamou toda a atenção foi o bom e velho Nokia 3310. Com a sua câmara modesta de 2 megapíxeis (mesmo assim, melhorada em relação à original), ecrã minúsculo de 2.4 polegadas (desta vez a cores), este feature phone, como agora chamam os telemóveis do passado, parece ainda ter os seus adeptos. Alguns de vocês vão lembrar-se porquê: esta máquina não precisa de capas, bolsas, películas de ecrã e todo o resto de exército de protecção. Ao longo do tempo, ganhou a fama de ser indestrutível. Em comparação com os smartphones, praticamente é. Não vai sobreviver a passagem do comboio, como alguns entusiasmados já comprovaram, mas aguenta quase tudo o resto.

Nokia-3310-1

Qual é a outra característica dos telemóveis antigos da qual todos temos saudade? É isso mesmo, a bateria que dura 1 mês em stand-by, e com autonomia de 22 horas em conversação! Tirando esses dois pontos mais práticos, é interessante que a Nokia fez questão em sublinhar outros traços que vão conquistar os corações mais nostálgicos: a antiga melodia do toque da Nokia, e o jogo Snake. Portanto, se deseja descansar das redes sociais e ter o telefone para o essencial – chamadas e SMS, o novo Nokia 3310 está a sua espera a preço de 49 euros, e desta vez em 4 cores disponíveis.

Nokia 3, 5 e 6 – simples mas fiáveis

Mas não deixemos este ícone do início do século fazer-nos esquecer outros lançamentos importantes da Nokia. Com a ideia comum de proporcionar ao utilizador boa qualidade a preço razoável, design plano e intuitivo, e um conjunto de parâmetros optimizados para a utilização quotidiana, os três smartphones diferem em algumas características. Essas colocam o Nokia 6 no topo da lista, Nokia 5 como a opção média, e o Nokia 3 como o mais acessível. Tudo será mais claro com uma tabela de especificações:

Dimensões Ecrã Chipset Memória Câmaras Bateria
Nokia 3 143.4 x 71.4 x 8.5 mm 5.0 polegadas Mediatek MT6737 16 GB e 2 GB RAM 8 / 8 MP 2650 mAh
Nokia 5 149.7 x 72.5 x 8 mm 5.2 polegadas Qualcomm MSM8937 Snapdragon 430 16 GB e 2 GB RAM 13 / 8 MP 3000 mAh
Nokia 6 154 x 75.8 x 8.4 mm 5.5 polegadas Qualcomm MSM8937 Snapdragon 430 32 GB e 3 GB RAM 16 / 8 MP 3000 mAh

Todos os modelos utilizam OS Android v7.0 (Nougat) e incluem o Google Assistant. Vêm em 4 cores: preto mate, prateado, azul temperado e cobre, com o Nokia 3 a distinguir se nas versões do prateado e do cobre: são cores das laterais, enquanto o corpo é branco. A empresa apresentou também uma edição limitada, o Nokia 6 Arte Black. Além da cor preta brilhante que lhe confere um visual sofisticado, este modelo pode se gabar com armazenamento de 64 GB e RAM de 4 GB.

Nokia-3-5-and-6

Os preços entre 139 e 299 euros demonstram a dedicação ao compromisso de tornar os smartphones de qualidade acessíveis a todos. Mas para aqueles que preferem gastar mais e equipar o seu dispositivo para um desempenho, foi apresentada também a nova colecção de vários acessórios da marca: capas, películas protectoras, headsets, colunas e carregadores isqueiro.